sexta-feira, 7 de setembro de 2012

[Resenha] Três Céus - Enderson Rafael


Hoje, 7 de setembro, alguns blogs programaram um dia de apoio ao autor nacional. Na verdade, fizemos uma semana especial e hoje é o encerramento dela! (: Vocês podem conferir o que rolou durante a semana neste link.

Como nós do Into Wonderland estamos enfrentando alguns problemas com as nossas postagens, só conseguimos participar efetivamente hoje, o dia do apoio.

E hoje eu trouxe uma resenha que eu estava muito ansiosa para trazes a vocês, antes mesmo do livro ser lançado: Três Céus, de Enderson Rafael.



Três Céus
Enderson Rafael
Editora: Gutenberg (Autêntica)
Gênero: Ficção, Romance
Páginas: 256
"Três Céus", um romance nas alturas! O jovem comissário de voo Lucas Luchesi está de mal com a empresa e em busca do amor da sua vida. Já Patrícia Milano é a típica garota do interior que vê sua chance de ganhar o mundo tornando-se aeromoça na cidade grande. As preocupações do comandante Fernando Villas são bem outras: salvar seu casamento. Levando suas vidas a novecentos quilômetros por hora e doze mil metros do chão, estes três personagens se descobrirão numa rotina que só os aviões podem proporcionar, sem saber que seus destinos convergem para um encontro de tirar o fôlego! 

Ouço falar deste livro desde a época em que a Pri do Bookaholic fez o beta reader, e isso já faz mais de um ano. Na Bienal deste ano o livro foi finalmente lançado e eu consegui minha cópia, com autógrafo e tudo! Aliás, o autor deste livro foi a inspiração para a criação do especial, uma idéia por um lado minha e por outro da Byzinha do Who's Tanny.

Em Três Céus acompanhamos a vida de tripulantes (comissários e pilotos) de aviões de uma companhia aérea brasileira. Você só sabe o propósito de toda a história bem no fim. Aliás, que final hein?! Deu até um frio na espinha, de verdade.

É um livro sobre pessoas, mas também é um livro sobre avião. Para quem anda bastante de avião, como eu que moro longe dos meus pais e uso avião pra visitá-los, vai se identificar com as diversas cenas de procedimentos de decolagem e pouco ao longo do livro. E tem algo muito legal também, esse é um daqueles livros que te arremessa para vários lugares. De uma página para a outra você vai ao Uruguai, depois ao Tocantins, Belém, Porto Alegre, Buenos Aires e muito outros lugares, onde chaves da história de Lucas, Patrícia e Fernando se passam.

Apesar de ser uma obra de ficção, a história de Enderson tem cenas que aconteceram na vida real, como, por exemplo, o acidente com o Voo TAM 3054 no dia 17 de julho de 2007 em Congonhas, SP e menção ao acidente com o Voo Gol 1907 no meio da selva Amazônica. Particularmente, foi uma das melhores passagens já que eu AMO histórias de ficção que tem elementos de realidade (mas claro, o acidente é algo completamente horrível).

Entretanto, quem busca um personagem principal, ou mesmo os três da sinopse, não vai encontrar. São várias histórias entrelaçadas, e, apesar de ele se aprofundar nas vidas de Patrícia, Lucas e Fernando, personagens como Gabriella, Thaís e Marcos são quase principais. Eu adorei Ricardo e Raí, por exemplo. Aqui, vamos encontrar uma grande família, cheia de braços. Acredito ter sido a intenção já que Enderson frisa em alguns momentos como as tripulações de cada voo acabam virando uma mini família depois de passar dias e dias longe de suas casas.  Mas, por conta disso, a história parece ficar suspensa e você chega a se perguntar "tá, e ai?", que só mostra a que veio e o porque de apresentar tantos personagens no final. Mas ainda sim acaba sendo um livro mais sobre aviação, as pessoas que trabalham nesse meio, seus problemas e desafios.

O projeto gráfico está IMPECÁVEL! A Gutemberg caprichou demais nesse livro. A capa é perfeita, a revisão foi bem feita e pouquíssimos erros passaram. O livro traz uma coisa muito... peculiar: um glossário. Como a narrativa tem muitos (muitos mesmo) termos da área, a editora optou por trazer a explicação em separado de alguns termos usados ao longo do livro, embora o autor tente explicar a maioria durante a narração o volume de informação é realmente grande.

A linguagem pouco conhecida dificulta um pouco a compreensão, mas a prosa leve e rápida de Enderson compensa. Finalmente, o livro começar meio lento e somente após a página 80 ela pega um embalo frenético que só termina na última página do romance! 

Não tendo mais a acrescentar, um bom livro de um autor que em seu segundo livro mostra a que veio.  Recomendo enfaticamente! Boa leitura e bom voo! (:



Avaliação:
Acabamento do livro: 
História: 
Andamento: 
Desfecho: 


Avaliação Geral:

2 comentários:

  1. AHHHH!!!!!

    Estava curiosa por sua opinião :DDD

    Fico feliz em saber que vc gostou, então vou gostar tb rsrs. Eu achei o 'Todas...' muito bom, e agora poder conhecer através de um livro, o trabalho do Enderson nos céus, me deixa mais curiosa a cada dia ;)

    ResponderExcluir